O Espetacular Homem-Aranha 2 - Comentário despretensioso.

Segunda edição da nova fase do Spidey após o Aranha Superior. 

Gostei dessa edição. Estou curtindo essa nova fase, pois, como eu não acompanhei o arco do Aranha Superior estou descobrindo as coisas junto com o Peter Parker. Para quem não sabe, o Dr. Octopus trocou de mente como Peter e assim ficou com seu corpo, então tudo que foi feito foi o Otto e não o Peter, Agora existe até a Indústrias Parker, sério. Mas ele caiu de paraquedas em tudo isso sem a mínima noção do que houve ou do que ele precisa saber. 

Bom, mas vamos falar da revista. 




The Amazing Spider-Man 2 (julho/2014)

Roteiro: Dan Slott
Ilustrações: Humberto Ramos
Arte-Final: Victor Olazaba

Nessa primeira história vemos o Peter ainda meio sem saber o que fazer e como fazer. Ele ainda está no apartamento da Anna Maria Marconi (com quem Otto casou quando estava sendo o Spider) e eles ainda estão meio que se conhecendo. Muitas dúvidas e incertezas, mas parece que a Anna está disposta a ajudá-lo. Vou fazer um comentário sobre a Anna. Como já disse, eu não acompanhei o arco então não sei de onde surgiu a Anna, mas eu acho o desenho dela muito estranho. Na edição 1 achei a mesma coisa. Pensei que ela fosse uma criança, por ser pequena, depois vi que era esposa do Otto/Peter. Daí parece que ela tem nanismo. Não sei se só eu achei isso, mas sei lá, ficou estranho. 
Peter ainda está tentando resolver o problema com o fluído de teia que o Otto mudou a fórmula e agora ela demora mais para dissolver, e como Peter teve que fazer uma "fralda" com a teia ainda está um pouco enrolado com isso. Ao mesmo tempo ele é chamado pelos Vingadores. E nessa conversa há uma cena muito legal que ele simplesmente senta um socão na cara do Steve Rogers, também conhecido como Capitão América. 

Nesse meio tempo temos o Max (Electro) indo à casa de Francine, que ao meu ver é sua amiga - e ela é fã de vilões. O Max fez uma grande cagada no primeiro volume ao destruir uma penitenciária, meio sem querer, e soltar vários vilões.Ele foi lá pedir ajuda para ela. Mas para variar algo sai errado e o Aranha tem que intervir já que o Max está com seus poderes um pouco fora de controle por conta de experiências que o Otto fez com ele no passado. John Storm também participa dessa história, e assim como eu, Peter não sabia que ele perdeu os poderes. 

Peter está tentando controlar a situação, mesmo sem saber bem como. Mas está recebendo grande ajuda da Anna. Se isso tudo vai dar certo ou não, só saberemos no futuro. 

Esse é macho! 



The Amazing Spider-Man 1 V (jun/2014)
Roteiro: Peter David
Arte: Will Sliney

História curta, poucas páginas para mostrar o Homem-Aranha 2099 perdido em outro tempo, pelo menos foi o que eu achei. Ele deve ter vindo do futuro para fazer algo, mas não ficou claro ainda. A história foi mais uma apresentação do que outra coisa. Eu tenho apenas uma revista do Homem-Aranha 2099 em formatinho ainda, não entendo muita coisa dele, ou melhor, quase nada. O que não ficou bem claro pra mim é se ele já está no futuro e veio do futuro desse futuro (entendeu né?) ou se ele veio do futuro para nosso presente. O jeito é esperar esse também. 

Homem-Aranha 2099



The Amazing Spider-Man 1 VI (jun/2014)
(confesso que estou achando esses títulos confusos)
Roteiro: Chris Yost
Desenhos: David Baldeon
Arte-Final: Jordi Tarragonais

Aqui temos o Kaine, aquele mesmo que é clone do Peter mas não batia bem da cabeça. Quem não lembra da "ótima" Saga do Clone? Que saudade, só que não. Outra história curta, falando sobre o Kaine onde ele esteve, o que se tornou e para onde foi. Parece que essas histórias curtas foram colocadas para fazer volume. Não menciona nada se o Kaine voltará a aparecer, mas para terem colocado-o, acredito que possa aparecer novamente. 

Kaine. Lembra dele?





The Amazing Spider-Man 1.2 (ago/2014)
(olha o título de novo)
Roteiro: Dan Slott
Desenhos: Ramón Pérez

Essa história continua da primeira edição. Nela temos um jovem Peter com problemas na escola e com a Tia May no pé dele. Por causa de seus atrasos e alguns outros problemas ele está fazendo sessões de terapia, se é que assim podemos dizer. Mas como conhecemos o Peter, as coisas nunca são fáceis para ele. Nessas sessões ele resolve dar umas desculpas furadas e complica ainda mais sua situação. Vemos ainda o Clayton, um garoto fã do Aranha e um pouco nerd também que resolve ser herói (Clash) para poder ficar perto do Aranha. Mas ele acaba usando de outros meios que resolve chamar o Aranha para um duelo. A desconfiança da Tia May vai acabar fazendo com que ela descubra algo preocupante. E de plano de fundo temos um J.J. Jameson tentando queimar o filme do nosso herói e um Camaleão confundindo ainda mais as coisas. Até agora estou achando um arco bobinho e igual às antigas histórias do Peter. A arte não ajuda muito, não gostei desse estilo. Não chega a ser ruim, mas me lembra um pouco os desenhos do começo dos anos 80. 

Tia May, sempre xereta


The Amazing Spider-Man 1 VI (jun/2014)
Roteiro: Joe Caramagna
Ilustrações: Chris Eliopoulos

Outra história curta que não faria falta se não estivesse. Mostra como o Aranha usa seus poderes e o lançador de teias. Os desenhos são no estilo meio caricatura, chegando até ser um pouco infantil. 

Ok, ok.. Já sabemos...


The Amazing Spider-Man Annual 1 III (fev/2015)
Roteiro: Jai Nitz
Ilustrações: Ron Salas

Mais uma história curta e boba que não soma em nada para a revista. Parece mais aquelas edições de Free Comic Book Day ou especiais de convenções. Uma história boba, com vilões bobos, e um final bobo. É isso.

Cara, desculpe. Mas é isso.

Até a próxima!

Comentários