O Espetacular Homem-Aranha, Ultimate Marvel e Bizarro

E o Foi Pra Estante dessa semana não está tão recheado como o da semana passada, mas ainda assim está bom. 
Vamos lá.







O Espetacular Homem-Aranha 011 Aranhaverso
The Amazing Spider-Man 14 (abr/15)
Roteiro: Dan Slott
Desenhos: Giuseppe Camuncoli & Oliver Coipel

O Espetacular Homem-Aranha 011


E chega ao fim o Aranhaverso. Uma saga do Homem-Aranha, que eu achei muito legal, onde a família dos Herdeiros (Morbius e sua família) viajavam entre os mundos para matar todos tótens aranhas e sugar suas energias vitais. Para conter essa ameaça, vários Homens-Aranhas, Mulheres-Aranhas e outros Aranhas foram convocados para lutar contra essa ameaça. O Homem-Aranha Superior (Otto no corpo de Peter) era o , digamos, chefe da equipe, mesmo sendo um arrogante sem tamanho ele sempre achava um jeito se mostrar melhor que todos os outros (um adendo: li os dois encadernados dessa fase Superior e gostei). Mas há um momento que o Aranha oficial, ou seja, o Peter Parte entra para a equipe, e a partir desse momento temos os melhores diálogos entre os dois, culminando em uma disputa direta. Vários Aranhas de várias terras foram mortos impiedosamente. O interessante dessa saga foi ver vários Homens-Aranhas que eu nunca tinha visto e rever alguns antigos. 


Cada Homem-Aranha que surge fora do Mundo 616 (que seria o nosso mundo) é de um outro mundo. Temos desde o Punk-Aranha até o Porco-Aranha, sério. Há uma terra onde todos os heróis são animais, bem engraçado. No decorrer dessa trama tivemos a revista Aranhaverso, até o momento com três edições. Ainda teremos a quarta edição com algumas consequências que não foram mostradas, e pelo que fiquei sabendo será um novo título. Alguns Aranhas ficaram sem seu mundo, e por conta disso teremos algumas consequências e quem sabe uma nova equipe. 



Linda capa variante, não poderia deixar de colocá-la aqui.

Essa edição, como citado acima, fechou essa saga, e não foi nada épico, nada fora do comum. E eu achei isso bom. Normalmente quando querem fazer algo épico acabam fazendo besteiras. Foi tudo muito 'pé no chão", bem tramado. Confesso que fiquei um pouco surpreso com o desfecho, não esperava por aquilo. Já que estamos vendo uma chuva de reedições e encadernados, espero que um dia essa fase seja lançada em um encadernado, é muito boa mesmo. Sentirei saudades de alguns Aranhas na revista. 



Spider-Man 2099 9 (abr/15)
Roteiro: Peter David
Ilustrações: Will Sliney






Ainda nessa edição volta as histórias solo do Homem-Aranha 2099, depois de todos os eventos ele volta para seu período, mas vê um mundo destruído e no comando de tudo está O Maestro, a versão futura do Hulk. Sem entender absolutamente nada do que está acontecendo ele é capturado e acabada tendo um reencontro inesperado. 



Ultimate Marvel 010
Miles Morales: Ultimate Spider-Man 10 (abr/15)
Roteiro: Brian Muchel Bendis

Ilustrações: David Marquez






Seguimos com as consequências da volta do pai de Miles e a revelação que ele foi um agente da SHIELD. Durante uma ronda, Miles se depara com uma briga entre Dentes de Sabre e Electro, ao perceberem a presença dele os dois fazem uma trégua para atacá-lo. Manto e Adaga aparecem para ajudá-lo. Miles ainda tenta descobrir o que houve com Katie, sua namorada que sumiu após ele revelar ser o Homem-Aranha. Manto e Adaga aconselham Miles que vai até a casa de Katie, mas tem uma desagradável surpresa. A situação parece complicada para o lado de Miles.



All-New Ultimates 10 (Jan/15)
Roteiro: Michel Fiffe
Ilustrações: Amílcar Pinna



Granada foi embora dos Novíssimos Supremos após enfrentarem uma gangue de traficantes chamada Caveiras de Serpente. Alguém, secretamente, vigiava o grupo. Manto e Adaga foram baleados. Durante um resgate, Miles é abordado pela Cascavel, ex-líder dos Caveiras de Serpente, pedindo ajuda. Mas durante essa conversa, aparece o Treinador e leva Cascavel e Miles. Mas, há outra pessoa na caça deles. 




Em outro lugar, Brigid O'Reilly, ex-detetive e Terry Schreck, ex-detetive recém ressuscitado resolvem investigar por conta própria os últimos acontecimentos. Granada resolve voltar ao grupo e vai até à casa de Jéssica Drew, a Viúva-Negra e acaba dando de cara com o Treinador. Quem será a próxima vitima do Treinador? O que ele deseja com o jovem grupo? E quem é a outra figura que está á espreita? 
Muita coisa acontecendo nesse arco, e a história mantém-se boa. Esse mix também está valendo a pena. 



Bizarro
Sneak Peek: Bizarro (jul/15)
Bizarro 1 a 6 (ago/15 a dez/15)
Roteiro: Heath Corson
Arte: Gustavo Duarte


Capa brazuca
"Dois amigos saem em uma louca viajem e se metem em muitas confusões!". Leia essa frase imitando a voz da chamada da Sessão da Tarde. Fez? Então, resumindo Bizarro é isso. Mas por esse motivo é ruim? Não. É bem legal e divertido. Não, você não vai chorar de rir nem ficar pensando nessa história por meses. É algo apenas para entreter, e cumpre seu papel. Imagine as mais inimagináveis cenas e situações mais absurdas. Esse quadrinho contém. Desde uma vendedora de carros maluca, até uma cidade fantasma no meio do Velho Oeste. 

Capa gringa

Esse Bizarro é muito diferente dos que eu conheço de filmes ou de outras revistas.Ele está causando muita confusão em Metrópolis, mesmo tendo as melhores intenções. Então, em uma conversa com Clark Kent, Jimmy Olsen resolve levar Bizarro para o Canadá, ou como ele diz: Estados Unidos Bizarro. E quer registar essa viagem em fotos e textos para um futuro livro. Como disse, algumas situações são realmente absurdas, mas cabe no roteiro. Infelizmente algumas delas resolve-se ao virar a folha. O material começa legal, mas na metade fica um pouco "mais do mesmo" até começar a ter um desfecho.

É muito bom ver um material assim de um brasileiro, e Gustavo Duarte manda bem. A arte dele é muito boa mesmo. Mas, em alguns momentos, parecia que eu estava lendo algum material da Graphic MSP (que eu gosto muito) e não da DC, não desmerecendo em nada o trabalho, mas é apenas o hábito. 



Se você não liga para um traço mais caricato, um roteiro divertido e que não vai estourar sua mente, pode ler sem problema. Mas se você gosta de algo mais sério, algo que pense e te deixe com aquela pulga atrás da orelha, não pegue. Procure outro material. É um material bacana para crianças e jovens, a leitura é boa e tem uma certa lição de moral no final. 

É isso ae, até a próxima.

Comentários

Postar um comentário