Renovando os Votos: É o que era para ter sido


Quando você tem em mãos um material assim a pergunta que vem à mente é:


"Por que não fizeram isso antes????"


Renovando os Votos é o que qualquer fã do Aracnídeo gostaria de ter visto. Algo que iria preencher uma lacuna que incomoda até os dias de hoje. 




Antes de tudo, vou tentar contextualizar os acontecimentos até aqui. É algo um tanto complicado e pode ser que fique extenso, mas você pode pular algumas partes sem problema. 

Não lembro exatamente o momento que entrei nesse mundo dos quadrinhos. Era por volta dos meus nove ou dez anos quando ganhei os primeiros "gibis". E era algo fantástico, algo realmente incrível ver um cara com uma roupa colorida grudado em prédios, balançando por ai com uma teia que saia de seu pulso, ajudando as pessoas e deixando os bandidos pendurados para que os policiais pudessem prendê-los; "Mas como??". E como dizem que são as perguntas que movem o mundo, já vou eu saber mais sobre esse cara. Com o passar dos anos o interesse aumentou, e o conhecimento também, e uma coisa ficou muito clara: "Esse cara podia ser eu!".



Com Grandes Poderes...

Peter Parker é um cara normal como qualquer um de nós. Até normal demais. Considerado 'nerd' em uma época que ser nerd era problema e não moda. Ele não era muito sociável. não se dava bem nas aulas de educação física. E sofria bullying dos valentões da escola. Até o dia que foi agraciado (ou desgraçado) com poderes Aracnídeos. Claro que a surpresa foi instantânea e as dúvidas também. Ele poderia ter aproveitado esse fato para se vingar de todos aqueles que o ofenderam ou o humilharam. Mas ele não fez. Pensou primeiro na família e como poderia usar esses poderes para conseguir dinheiro para ela. Ele resolve, então, se aventurar na luta livre. Ele sabia de sua capacidade. Sabia que não seria derrotado. Era dinheiro fácil. 



Mas nem tudo são flores na vida de Peter Benjamin Parker.

Ele começa a sentir-se seguro em excesso e o ego infla. Em um assalto no local onde era realizado as lutas livres ele simplesmente não detém o meliante alegando "não ser problema dele". Pobre Parker. Mais tarde, esse mesmo bandido veio a matar seu tio Ben. E esse é um dos maiores fardos que alguém poderia carregar, e o pior é que poderia ter evitado tal tragédia. Essa culpa torna-se sua eterna companheira.Tio Ben sempre falava à Peter que "com grandes poderes, vem grandes responsabilidades"; e Parker passa a carregar consigo esse lema. 

Tio Ben

Parker, então, passa a usar seu dom para ajudar as pessoas. Mas reconhecimento e dinheiro não aparecem e ele se vira  vendendo fotos que ele mesmo tirava do Homem-Aranha para J. J. Jameson, editor do Clarin Diário e a a pessoa que mais tenta destruir a reputação do nosso herói. 

Ele passa por muita coisa. Perdas e conquistas. Tristezas, alegrias e dramas. É incrível como ele parece tão normal, tão real. Claro que ele é um personagem de história em quadrinhos, é realmente algo estranho, mas ele transmite tanta sinceridade, tanto sentimento, que é impossível achar que ele não exista. Na realidade, Peter Parker sou eu, é você, é aquele seu vizinho bacana ou aquele seu primo que agora quadrinhos. Ele é real, está em qualquer esquina lutando para conquistar seu espaço e ser reconhecido. Mesmo sabendo que honestidade e ética são palavras inexistentes nos dias atuais. 


Clones e May Parker


Há muitas histórias clássicas do Homem-Aranha. Mas a Saga dos Clones parece ser a mais controversa. Tornou-se um marco na cronologia, seja para bom ou para o mal. É o típico "ame-o ou odei-o". Não tem como ficar em cima do mudo. 

Pessoas idênticas à Peter começam a surgir, e cada uma alegando ser o Peter Parker original. E cabia ao verdadeiro provar ser o original. A ideia parece boa, mas a execução nem tanto. 

Mortos que "voltaram", heróis que surgem, outro que abandona. Tivemos de tudo nessa saga. Conhecemos personagens como Ben Reilly, que por um certo período pareceu ser o Homem-Aranha original e assumiu o manto vermelho e azul. Mais tarde, ele tornou-se o Aranha Escarlate e ganhou uma revista própria. Kane, um clone defeituoso, transitou pelos dois lados. O bem e o mal. Durante toda essa confusão, a esposa de Paker, Mary Jane Watson Parker revela ao seu marido:





"Peter, você vai ser pai!"





Olha a normalidade batendo à porta novamente. Há algo mais normal que ter uma família, e ser pai? Imagina o que passou pela sua mente. Um super-herói ter um filho já é complicado, imagina para o Homem-Aranha. Ele não tem super poderes ou é praticamente invencível. Não é um bilhardário com toda mordomia e suporte disponível. Não. Na verdade ele não tinha nem onde cair morto. Uma nova fase começa para nosso herói. Quiça a mais importante da sua vida.

O tempo passou, muita coisa aconteceu (muita mesmo!), e o dia do parto se aproxima.

Mas como nem tudo são flores na vida de Peter Benjamin Parker, uma misteriosa mulher aparece, simplesmente do nada, e coloca algo em uma bebida da MJ apressando seu parto. E é o que acontece. Mary Jane dá luz a uma menina, May "May Day" Parker. Mas Peter não estava na hora do parto, e o pior, quem estava era o eterno Duende Verde: Norman Osborn. Mary Jane é informada que sua filha nasceu morta. E isso, amigos, é um tremendo baque na vida de um casal. 

Não sabemos exatamente o que passava na cabeça da equipe criativa nessa época, mas certamente havia dúvidas em deixar Parker como um pai de família. Então eles resolvem fazer algo e criam uma possível traição de Alison Mongrain (a mulher misteriosa que colocou algo na bebida de MJ), onde revelará tudo. Mas estamos lidando com Norman Osborn e não com qualquer vilãozinho mequetrefe. E ele explode um iate que Alison estava com um pacote que poderia ser a pequena May. Esse pacote é deixado com os Scriers e Alison sobrevive ao ataque. 

Scriers e Kane
Seguindo a novela mexicana, os Scriers estão com a pequena May a mando de Normal e Robbie Robertson (braço direito de J.J. Jameson) passa a investigar Alison. Kaine, o clone defeituoso de Parker, estava no encalço de May e encontra os Scries e acaba entrando em um combate com eles. Após isso, fica claro que Kane está com May, ou não? Já quase no final desse arco com Normal Osborn, os Scries aparecem com o pacote (que pode ser May) entregam ao Duende e dizem apenas que houve certa dificuldade, mas deu tudo certo. Kane não é mais visto. Nem as novelas mexicanas tem reviravoltas assim. 

Mas não é só isso. Norman coloca um antigo inimigo do Aranha, Magma, atrás de Alison Mongrain com o claro propósito de matá-la. Ele a persegue até a porta da casa dos Parkers e a fere mortalmente. Mesmo quase morrendo ela consegue dizer à Mary Jane: "May Parker está viva!" Agora entra os créditos e vamos esperar até o próximo episódio. Pronto. Tudo resolvido. 

É meus caros, como já foi dito, a vida de Peter Parker não é tão fácil assim e MJ conta para Peter que sua filha está viva. Ele sai desesperado atrás de Norman Osborn para, finalmente, ter sua filha em seus braços. Estamos no season finale. Tudo está encaminhando para um gran finale. Até que temos um novo plot twist: Peter chega na mansão de Osborn com sangue nos olhos. É agora ou nunca. Tudo será resolvido e revelado. O embate é épico. Homem-Aranha e seu maior inimigo, Duende Verde, valendo a vida de sua filha. É chegado o momento. Peter encontra a sala. Abre a porta. E encontra May. May Parker. Sua tia. 

Sim meus amigos. Nada de filha. Mas sim sua querida e amada Tia May. Entendem agora como a vida de Peter Parker (e de seus fãs) não tá nada fácil? Como puderam fazer isso com nosso herói? Como puderam fazer isso com a vida dele, e a nossa? Para onde foi a pequena May Parker? Até hoje ninguém sabe ao certo. Essa é uma das maiores lacunas, se não a maior sacanagem, na história do Homem-Aranha. 



Um dia a mais



Muitos anos depois, tivemos o evento Guerra Civil com consequências á todo Universo Marvel. Peter escolhe seu lado. Tem seus benefícios e privilégios, mas percebe que escolheu o lado errado e abandona indo unir-se aos rebeldes. Nesse momento, Peter já havia revelado sua identidade, todos sabiam que Peter Parker era o Homem-Aranha. Por ele ter se unido aos rebeldes ele era um fugitivo, ele e sua família foram perseguidas. No calor dos acontecimentos, sua tia May é ferida gravemente. 

Parker pede ajuda à Tony Stark, seu antigo aliado. Esse recusa ajudar, alegando que poderia complicar sua imagem. Jarvis, mordomo de Stark, oferece um polpudo cheque a Peter para custear o hospital que sua tia está. Ele recusa. Peter acredita que a medicina convencional não pode ajudar sua tia e vai procurar o Dr. Estranho. Esse também diz que não pode ajudar, mas convoca as "Mãos da Morte", mas não obtém sucesso (já se convenceram que a vida do Parker não é fácil?). 



Ele não sabe mais o que fazer, e em um momento de desespero, eis que surge Mephisto propondo um pacto para salvar Tia May. Peter. Mas Peter recusa tomar alguma decisão sem falar com Mary Jane. Ela vai procurá-la e a encontra conversando com Mephisto, e esse propõe o seguinte acordo: eles terão mais um dia, 24 horas, para decidir entre o fim do casamento e a morte de May Parker. O casal passa esse período juntos, tentando manter-se unidos até que Mephisto retorne. É um momento marcante na história do nosso herói. 




Mephisto retorna e eles aceitam o pacto, o demônio releva a Peter que a menina que aparecia para ele (como isca) era sua filha May, que ele jamais teria. Mephisto realiza o pacto que faz com que May Parker viva como se nada tivesse acontecido. Todos que sabiam que Peter Parker é o Homem-Aranha deixariam de saber (menos Mary Jane), e eles não eram mais casados. É um novo começo na vida de Peter Parker, com contato até mesmo com amigos desaparecidos e outros que foram dados como mortos. No dia seguinte Peter acorda na casa da sua tia e vai a uma festa surpresa na casa de seu amigo (até então morto) Harry Osborn. Mary Jane sente-se triste ao ver Peter e vai embora.




Renovando os Votos


Acredito que, até o momento, essa é uma das melhores revistas da Guerra Secretas. Renovando os Votos é tudo aquilo que os fãs do Homem-Aranha desejavam ter visto anos atrás, a família Parker. Mas aqui em Guerras Secretas há uma pequena diferença, a filha de Peter Parker e May Jane chama-se Anna 'Annie" May Parker



Homem-Aranha está sobrecarregado, suas rondas estão mais demoradas, e ele está lutando com vilões que antes eram responsabilidades de outros heróis. Aranha vai atrás de respostas na Mansão dos Vingadores, e descobre que há uma reunião em andamento para tratar desse assunto. Heróis estão desaparecendo e outros tantos mortos. Eles recebem uma informação da Viuva-Negra (antes de perder o contato) que a maior pista é Augustus Roman, diretor-presidente da Império Limitada, que pesqusia dons super-humanos e biotecnologias. Capitão, então, convoca todos à ir atrás de Roman. Nesse momento, Clint Barton, o Gavião Arqueiro, aparece em uma vídeo-chamada informando que houve uma fuga em massa da Ilha Ryker e precisa de ajuda. 

Capitão América diz que Roman é uma ameaça Nível Ômega e decide não enviar ajuda para Clint e ainda pede que todos retornem para irem atrás de Roman. Aranha ao ouvir que ouve uma fuga em massa da Ilha Ryker fica em estado de atenção. Se todos fugiram de lá, então Venon também fugiu. E ele sabe exatamente para onde ele foi. Parker vai atrás de MJ e da pequena Anna e encontra Venon com elas. No mesmo instante, Augustus Roman, que se auto-intitula Regente,  entra em combate com os Vingadores e outros heróis. O Aranha vai atrás de Venon e deixa os Vingadores para trás. Sua família é prioridade naquele momento. Venon é derrotado pelo Aranha, e os Vingadores e outros heróis são derrotados pelo Regente

Regente

Anos passados, temos uma Anna crescida e um Peter Parker que deixou de ser Homem-Aranha. Eles usam pulseiras inibidoras para que seus poderes não apareçam, pois qualquer super ser revelado, o Regente quer detê-lo. E há uma Força-Tarefa para isso. Peter descobre que essa Força está seguindo para uma escola onde foi relatado que uma criança usou seus poderes, ele sai desesperado para a escola sabendo que pode ser a Anna. Felizmente não era. Mas o ato desesperado de Peter faz com que o Regente descubra que o Homem-Aranha esta vivo, e não morto após a batalha com os Vingadores como muitos achavam. 

Família Parker


O que acompanhamos no decorrer das páginas de Homem-Aranha Renovando os Votos é um ditador atrás do Homem-Aranha, e esse tentando entender tudo o que está acontecendo, proteger a cidade e, principalmente, sua família. Temos uma verdadeira história do Aranha. Muita ação, um Homem-Aranha diferente, mais "maduro" e com algo em mente: 'Não mexa com a minha família!'. Esse é o coração dessa revista. 


Quem é pai ou mãe sabe que não medimos esforços pelos nossos filhos. Agora imagine-se nessa situação onde sua família está sendo perseguida e corre o risco de ser capturada e talvez morta. Claro que você não medirá esforços, e Peter faz isso. Ele já não pensa duas vezes ou não tem receio em fazer algo que antes ele julgava não muito correto. Pela sua família vale tudo. Anna tem um papel importante na trama. Pois ela tem poderes, e sabe disso, mas ela não tem autorização de seus pais para usá-los. Mas ela não está alheia aos acontecimentos, ela precisa fazer algo, ela sabe que pode fazer algo. E ai vemos o DNA do Parker em ação. Não vai deixar para trás algo que pode ser feito. Mary Jane também é forte, como sempre foi demonstrado durante a história de vida do Homem-Aranha. Ela sempre foi uma mulher forte e independente, mas nunca subjulgou Peter, sempre esteve ao seu lado em tudo: nos bons e maus momentos. E agora não seria diferente. Mary Jane aparece de uma maneira que, até então, não imaginávamos. 

Renovando os Votos é um ode à vida e história do Homem-Aranha, tudo que há e houve de bom na sua vida e ao mesmo tempo uma renovação. Poderia ser um marco na vida de Peter Paker como qualquer fã gostaria. Poderia ter sido o cimento para fechar o buraco deixado na Saga dos Clones.Infelizmente isso aconteceu agora e em um universo paralelo. Não tivemos a chance de ver a família Parker assim, unida, no universo convencional. Mas tivemos essa 'compensação'. Temos essa incrível história do Homem-Aranha como há tempos não víamos. O roterista Dan Slott soube passar toda a essência de Peter Parker, realizou um belo trabalho.

Sabemos que nada será como antes. As Guerras Secretas vieram para terminar um ciclo. Teremos novos começos, novos Status Quo, mesmos mantos, heróis diferentes. Fico ansioso para saber o que vai acontecer com o Homem-Aranha. Há rumores que Renovando os Votos pode virar uma revista mensal. Não quero e não gosto de criar expectativas. Vou aguardar que a justiça tenha sido feita e teremos, em breve, Peter Parker e sua família juntos, unidos, mais fortes que nunca, unidos pelo amor, e pelo super-heroísmo. É claro. 




É isso aí!





Guerras Secretas Homem-Aranha 1: Renovando os Votos (Ago/2016)

Amazing Spider-Man: Renew Your Vows 1 (jun/2015)Amazing Spider-Man: Renew Your Vows 2 (set/2015)Amazing Spider-Man: Renew Your Vows 3 (out/2015)Amazing Spider-Man: Renew Your Vows 4 (out/2015)Amazing Spider-Man: Renew Your Vows 5 (nov/2015)



















Avaliação: *****

Comentários